Superproteção: Incapacidade Aprendida

Preguiçoso ou Impotente por Aprendizado?

Preguiçoso ou Impotente por Aprendizado?

Incapacidade aprendida significa uma condição ou comportamento onde a pessoa sofre uma sensação de impotência, emergente de um evento traumático ou falha persistente e em encontros subsequentes com o estímulo estressor se vê sem o instrumental necessário para lidar com a situação, acredita-se que tal morbidez seja umas das causas subjacentes à depressão. O indivíduo aprendeu uma incapacidade e muitas vezes não consegue identificar tal aprendizado, muitos menos traçá-lo até o trauma ou negligência originais e assim vive sua vida cheio de prejuízo, sofrendo acusações quanto a sua índole e conduta, não rara estigmatizada erroneamente como preguiçosa e de evitamento.

Superprotegido até a Imunodeficiência

Superprotegido até a Imunodeficiência

O Impotente por Aprendizado não consegue simular um controle sobre o resultado de uma situação e portanto entrega os pontos antes da partida começar. Quanto à Superproteção sabe-se bem do seu produto mais tradicional: os clássicos psicopatinhas que ridicularizam os parentes na fila do McDonalds só para anos mais tarde na adolescência digivolverem para pit-boys e folgados; a Superproteção não apenas pode inflar egos, ela pode também murchá-los até uma auto-estima bem baixa e quando se vê se está a um passo da Síndrome do Pânico, na jaula da Agorafobia e não muito longe do Suicídio. Mães e pais, avós e avôs, irmãs e irmãos, tios e tias não Superprotejam seus enteados até à Psicopatia, nem muito menos até à Imunodeficiência. Um mimozinho aqui e acolá para açucarar essa vida bandida rola, mas agora calma lá quando você retira o protagonismo de alguém ou quando confere ao mesmo o posto de intocável, nenhum de ambos delírios fará bem ao mesmo, muitos menos à sociedade; prejuízo generalizado aqui.

Anúncios

Sobre Filipe Russo

Filipe Albuquerque Russo nasceu em 22 de Agosto de 1990 em São Paulo, capital e foi criado em Manaus, Amazonas. Aos 16 retornou a sua cidade natal onde reside atualmente. Caro Jovem Adulto, seu primeiro romance estabeleceu em 2012 a estréia tripla de Filipe Russo no cenário artístico brasileiro (tipográfica com Limite Circular, fonte original exclusivamente manufaturada para a obra; fotográfica com Iluminado Expandido, capa original do livro e enfim a obra literária propriamente dita).
Esse post foi publicado em Superproteção. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s