Neurodivergência e suas sub-classes

Curva de Bell: Uma Noção Estatística

Curva de Bell: Uma Noção Estatística

A diversidade biológica, genética e humana abrange campos do fisiológico ao psicológico, entretanto há um momento em específico onde as qualidades enzimáticas, proteicas e neurais atingem e formam um patamar distinto nas oscilações evolutivas de uma espécie, no caso a nossa, a ponto de consubstanciarem em si uma nova classe com suas especificidades próprias inacessíveis aos demais. Origina-se portanto uma classe neurodiversa à parte da matriz neurotípica, sendo marginais por excelência os neurodiversos divergem não apenas da maioria mas também entre si, em maior ou menor grau, numa questão sempre caso a caso.

Doenças ou Condições Neurodiversas?

Doenças ou Condições Neurodiversas?

Não me deterei nesta dissertação quanto a métodos de avaliação e diagnóstico, ficando estes reservados para ensaios dedicados. Aqui me proponho a incluir no grande espectro neurodivergente portadores de Síndrome de Down, autistas tanto clássicos quanto portadores de Síndrome de Asperger, portadores de Transtorno do Deficit de Atenção com ou sem Hiperatividade, portadores de Síndrome de Savant, portadores de baixo QI, portadores de alto QI, superdotados descritos pela teoria das inteligências múltiplas de Gardner e qualquer outro indivíduo ou classe dos mesmos que destoe da normalidade, do comum, do óbvio.

Somos Todos Estrangeiros em Algum Lugar

Somos Todos Estrangeiros em Algum Lugar

Somos uma minoria feita de várias e ao meu ver o que é a maioria se não apenas a soma de todas as minorias? Devemos nos organizar como grupo social para melhor debatermos nossas questões em todos os seus âmbitos, especialmente o político, o social, o acadêmico e o profissional; pois nestes sofremos nossas maiores baixas: desde um bullying na escola, um stalking no bairro até uma humilhação pública no refeitório da empresa, uma violência verbal ou física no corredor da universidade ou até mesmo um sorriso de deboche, um olhar esquivo, uma atitude descaracterizante, desqualificante e opressora por definição. Precisamos organizar as leis que nos defendem e que exigem das instituições acomodações para nossas condições neurodiversas, em especial as comorbidades de cada classe, mas também havemos de melhorar o sistema jurídico até que o mesmo de fato inclua nossos direitos devidamente por lei e em paralelo estaremos vigilantes atuando ativamente contra o preconceito, a ignorância e a xenofobia. Um dia, quem sabe, estaremos enfim integrados à sociedade então não mais neurotipicamente normativa.

Anúncios

Sobre Filipe Russo

Filipe Albuquerque Russo nasceu em 22 de Agosto de 1990 em São Paulo, capital e foi criado em Manaus, Amazonas. Aos 16 retornou a sua cidade natal onde reside atualmente. Caro Jovem Adulto, seu primeiro romance estabeleceu em 2012 a estréia tripla de Filipe Russo no cenário artístico brasileiro (tipográfica com Limite Circular, fonte original exclusivamente manufaturada para a obra; fotográfica com Iluminado Expandido, capa original do livro e enfim a obra literária propriamente dita).
Esse post foi publicado em Ensaio Livre. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Neurodivergência e suas sub-classes

  1. lidimagra15 disse:

    Somos uma minoria feita de várias e ao” meu ver o que é a maioria se não apenas a soma de todas as minorias”? não faz o menor sentido no nosso caso a segunda parte.SOMOS MINORIA DIVERGENTE ATÉ MESMO ENTRE OS MEMBROS DESTA.

  2. julio disse:

    Faz sentido. Me identifiquei com a página. Vou acompanhar!

    Superdotação é uma bênção e maldição na minha vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s